Cerveja no inverno? Eu fecho!

A bebida mais consumida no mundo também é capaz de esquentar seu inverno.

Como uma bebida milenar, a cerveja é praticamente uma linguagem universal. O mercado está regado de cervejas artesanais com receitas de ingredientes exóticos – alguns até que nunca ouvimos falar. O fato concreto é: copo cheio para todos os gostos. Por aqui, para os brasileiros, a cena nós já conhecemos: uma cerveja estupidamente gelada acompanhada de petiscos em um dia ensolarado. Melhor ainda, se, ao nosso lado estiver uma beladona. Por este motivo há algum tempo os fabricantes de cerveja vêm investindo em edições da bebida desenvolvida especialmente para o inverno.

Na foto a família Bourbon County da cervejaria Goose Island

Algumas “geladas” combinam perfeitamente com a estação, o importante é observar algumas características para acertar em cheio. Dê preferência aos rótulos com maior teor alcoólico. Sim, eles esquentam! O sabor mais intenso e de alta fermentação em geral são produzidos com maltes de cevada tostada. Abandone os petiscos, no inverno a bebida mais consumida no mundo harmoniza bem com pratos mais apimentados e carnes!

 

Na foto Guinness Draught Stout

No decorrer desta coleção estaremos por aqui falando mais sobre o assunto, acompanhe!